Aqui eu planto minhas magoas esperando que floresça a esperança para um dia eu possa colher meus sonhos... Vanessa Laranjeira

13 de out de 2011

Num acesso de raiva


Rasguei suas roupas....
                    Joguei seus sapatos...
                                 Quebrei o nosso porta retrato...
                                                        Mas de tudo o que me desfiz...

VOCÊ É DO QUE MAIS SINTO FALTA...

Vanessa Laranjeira

8 de out de 2011

Você é como pássaro, nasceu para ser livre


e não serei eu a cortar suas asas...
Mas ficarei aqui, de ninho pronto para recebe-lo 
quando estiver de asas quebradas

Vanessa Laranjeira