Aqui eu planto minhas magoas esperando que floresça a esperança para um dia eu possa colher meus sonhos... Vanessa Laranjeira

19 de out de 2012

DE PRINCESA A MULHER


Não sou do tipo princesa de contos
Que fica trancada no palácio
Esperando o príncipe chegar
Num belo cavalo branco

Também não sou do tipo de menina
Que leva uma vida moderninha 
Subindo na mesa e pulando na piscina
Escolhendo o gato pela cor do camaro

Há um tempo perdi o medo de bruxas
Deixei de me sentir princesa
E parei de engolir sapos

Hoje prefiro ser mulher
Do tipo que substitui qualquer príncipe
Por uma bela dose de whisky com limão

Vanessa Laranjeira

26 de set de 2012

RECORDAÇÕES


Pensei em te fazer uma surpresa
Revirei meu baú de fotos
Recordando do que vivemos de fato

Te achei andando de bicicleta
Na estrada se jogando no carro
Te achei com toda a galera
Mas em nenhuma momento ao meu lado

Sem muita surpresa
Descobri que nunca te tive
E o amor que um dia senti
Hoje não serve nem mesmo pra ser recordado

Vanessa Laranjeira

19 de set de 2012

PORTO SEGURO


De coração partido deixo você seguir o seu caminho
Não sou âncora para segurar seu barco
Impedindo que chegue ao horizonte
Pelo contrário...

As vezes me sinto como as águas,
Que te levam para longe,
Como o vento que guia a sua partida
Ou como as estrelas que iluminam seus sonhos.

Mas nada me deixaria mais feliz
Se você abrisse mão de  tudo que não sou
Só pra fazer de mim seu porto seguro.

Vanessa Laranjeira

24 de jul de 2012

TURISTA


Entrei na papelaria da vida
Comprei o mapa da felicidade
E paguei com moedas de esperanças.

Andei pelas ruas do destino
Passei na avenida da paixão
E me sentei na praça da desilusão

Caminhei no museu do amor
Olhei os quadro da saudade
E encontrei esculturas de dor

Ao procurar um novo caminho
Descobri algo engraçado
O mapa que me guiava
Estava do lado errado.

Vanessa Laranjeira

8 de jul de 2012

FORTE COMO CRISTAL


Se você acha que sou forte como rocha
Lembre-se que a água me molda
Se você pensa que sou firme como porcelana
Lembre-se que um dia eu fui lama

Quando você chegar perto lembre-se
Que sou frágil como cristal
Então muito cuidado com suas mãos de metal
Pois elas podem me fazer muito mal

Também não pense que sou frágil como papelão
Porque eu tenho um só coração
E me defendo com toda razão

Então não pense nada sobre mim
Apenas saiba que eu posso ser tudo
Aquilo que você nunca se quer imaginou

Vanessa Laranjeira

21 de mai de 2012

REFÉM


Vendas nos olhos, carro acelerado, 
Algemas nas mãos e coração dilacerado.
É difícil saber o que mais dói
O corpo ou o sentimento de derrota.

Minhas mãos e pernas estão livres
Mas por algum motivo me sinto presa
Sou refém dos meus sentimento
Sou vigiada por meus medos

Corro o mais rápido que posso
Fujo de você de você como se fosse meu sequestrador
Corro como quem só quer sua vida de volta

Quanto mais corro, mais você se aproxima
Quando eu não quero você chega
E quando eu quero de se distancia. 

Vanessa Laranjeira  


8 de mai de 2012

FALTA


Sinto falta do seu olhar safado
Do seu sorriso sedutor
Do seu jeito de menino 
E até da sua conversa de malandro


Sinto desejo pela sua pele morena
Pelo seu corpo malhado
Saudades do seu toque envolvente 
E da sua respiração acelerada.


Quero aquele seu beijo molhado
Acompanhado de um longo abraço apertado
Quero poder sentir novamente o seu calor.


Desejo mais seu corpo
Desejo mais que sua pele
Desejo que você também me deseje.


Vanessa Laranjeira 

17 de abr de 2012

JOGO DA VIDA

Já não me importo com o que pensam de mim
Se me querem ou não por aqui
Hoje sou eu quem dou as cartas do baralho
Sou eu quem escolho com quem vou jogar.


Minha personalidade manda
E minhas atitudes obedecem
Não importo se elas são certas ou erradas
Elas simplesmente formam quem sou.


Com erros ou acertos sigo em frente
Porque a vida oferece as estradas 
Mas não permite nenhuma parada


E assim sigo pelas minhas rodovias
Jogo com as minhas cartas 
Pois é a minha cara que estou dando a tapa.


Vanessa Laranjeira 

6 de abr de 2012

SER PÁSCOA


É ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento,
É dizer sim ao amor e à vida,
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vence a morte.
Faça desta páscoa, a tua páscoa.
Faça desta ressurreição, tua ressurreição.
Nunca se entregue, pois é somente a cada adversidade que poderemos vislumbrar uma nova oportunidade.
Que o seu coração esteja em páscoa…
Que a sua consciência esteja em páscoa…
Que você esteja em pascoa com sua família e consigo mesma.

FELIZ PÁSCOA!!!

2 de abr de 2012

Só Mais Um Conto de Fadas


Ela escreveu dentro de si o mais lindo dos contos de fadas
Por um espelho entrou em um mundo virtual
Onde o possível princepe não virava sapo,
E a gata borralheira seria pra sempre Cinderela.


No meio de um lindo jardim secreto
Construiu um belo castelo com alicerces de areia
Bebeu água cristalina da fonte cheia de mistério
Em busca de um amor verdadeiro


Sem saber como ou quando o fim chegaria
Deixou que a história a levasse pra onde bem entendia
Até se perder dentro da fantasia


E foi num adeus maldito ou dito na hora errada
Que findou-se a fabula mal contada
E ela descobriu que nunca foi amada.


Vanessa Laranjeira

20 de mar de 2012

FOLHA DE OUTONO


Você tem o antidivino dom de me deixar mais insegura que uma folha no outono.
Aquela que fica em seus galhos, balançando com o vento
Para que esse a despregue e a leve para onde bem entender
E mesmo sabendo que pode cair em poças de água,
Ser levada pela enxurrada,
Mesmo não sabendo onde vai parar 
Ela se deixa levar
Assim como a folha de outono
Eu me deixei ser levada por você
Nas inseguranças do seu caminho
Sem saber se sobreviveria no final.

Vanessa Laranjeira

18 de mar de 2012

Bom hoje vou fazer uma postagem diferente...


Recebi as regras da Tere ( http://teremarcellino.blogspot.com.br/ )

REGRAS:
1- Escrever 11 coisas sobre vc;
2- Responder as 11 perguntar que a pessoa te mandou;
3- Criar 11 perguntas pra quem vc indicar;
4- Avisar quem vc indicou e postar as regras.

11 COISAS SOBRE MIM...
1- Minha família é tudo o que tenho;
2- Apouco tempo sai da cidade grande pra morar em um sitio no interior de SP;
3- Não sou egoísta, mas odeio que mecham no que é meu;
4- Sou divorciada, não tenho e não pretendo ter filhos;
5- Converso comigo mesma e esse dialogo quase sempre vira um verso;
6- Adoro escrever e tenho ciumes do que escrevo;
7- Tenho poucos amigos, os que tenho moram longe e morro de saudades deles;
8- Troco qualquer balada por um bom papo com os amigos;
9- Odeio que me julguem sem me conhecer;
10- Sou pouco organizada, meio detalhista e muito sonhadora;
11- Tudo que esta escrito acima é verdade mas nada disso me define.

RESPONDENDO AS 11 PERGUNTAS:

1- Diga um defeito seu.
Não tenho paciência com criança.

2- Qual época da vida vc mais sente sdds?
Do tempo de escola, sdds dos amigos que tinha lá.

3- Qual foi sua viagem passeio inesquecível?
Petrópolis, tive o prazer de passar um fds no palácio Quitandinha, fui pra lá a trabalho mas valeu muito a pena.

4- Qual a sua idade e o que conquistou até agora?
Tenho 28 anos, tive poucas conquistas na minha vida e um dia tiver que abrir mão delas. Estou em fase de recomeço, mas nada é melhor que minha LIBERDADE.

5- Nas horas vagas o que vc gosta de fazer?
Dormir, escrever, internet

6- Você tem uma grande magoa de alguém?
Não sei guardar magoas dos outros, em compensação de mim tenho varias.

7- Você se considera uma pessoa bem sucedida profissionalmente?
Na verdade não, mas trabalho na área que me da prazer e isso é um começo 

8- Se pudesse mudar de cidade ou país qual seria?
Voltaria pra São José dos Campos. Mas ja me acostumei a morar em Iacanga e sei que é aqui que vou reconstruir minha vida.

9- Qual livro esta lendo no momento?
Não Matem as Flores.... estou adorando

10- Já teve alguma experiência sobrenatural? Conte.
Não sei se pode se dizer experiência sobrenatural, mas já aconteceu de eu sonhar e depois acontecer.

11- Quais são os seus planos para o futuro?
Fazer faculdade, ter minha casa.

MINHAS PERGUNTAS;

1- Qual seu escritor predileto?
2- O que gosta de fazer pra se divertir?
3- Onde mora?
4- Tem alguma religião?
5- Que qualidade uma pessoa não pode deixar de ter pra ser seu amigo ?
6- Que defeito você não atura de forma alguma?
7- Se arrepende de algo que ja fez ou deixou de fazer?
8- Se pudesse escolher o destino pra onde iria agora?
9- O que te tira do sério?
10- O que te ganha fácil?
11- Qual seu maior sonho?

Bom eu adorei ter recebido esse tag e por isso resolvi posta-lo. Prém eu vou sair um pouco da regra e não vou indicar um blog especifico e sim a todos os que passarem por aqui, quem quiser tbm pode responder só por comentários o importante é a gente conhecer um pouquinho os nosso amigos virtuais.





12 de mar de 2012

COADJUVANTE DA MINHA VIDA


Minha vida se tornou uma peça de teatro
Onde represento papeis que não sou eu.
Quando rio, quero chorar
Quando me tranco, grito por liberdade
Não sou a vilã nem a mocinha.

Sou quem esta ali apenas por detalhe.
Minhas idas e vindas não influenciam em nada,
Se eu cair não terá ninguém nem mesmo pra rir,
Posso gritar que ninguém vai ouvir,
Posso até me matar porque ninguém vai impedir.

No grande teatro da minha vida
Eu aprendi a desistir
E de atriz principal virei
Coadjuvante da minha história.

Vanessa Laranjeira

7 de mar de 2012

SEMPRE TUDO, NUNCA NADA


Eu sou o corpo e a cabeça
O espiritual e carnal
A alma mortal e imortal

Sou fogo e água
Muitas vezes sou quente
e em algumas gelada

Sou fortemente frágil
Alegremente triste
E docemente amarga

Sou tudo sempre e nunca sou nada
Eu sou simplesmente a Vida
E carinhosamente me chamam de MULHER.

Vanessa Laranjeira

23 de fev de 2012

MEU SAMBA ENREDO


Uma vez um certo poeta disse:
"Se o amor é fantasia
Vivo em pleno carnaval."
Por um tempo eu acreditei no poeta.

Hoje percebi que meu carnaval acabou
Minha fantasia rasgou
Meu carro alegórico quebrou
E eu fiquei sozinha em plena avenida

Mas engana-se quem pensa
Que vou chorar na quarta de cinzas
Ou que vou jogar fora minha alegoria.

Pois assim como o carnavalesco ou o poeta
Vou compor um novo samba enredo
Com novas fantasias e me preparar
Para o próximo carnaval.

Vanessa Laranjeira

17 de jan de 2012

DESEJO DESCONHECIDO


Hoje eu quis muito te encontrar
Nunca desejei tanto ser desejada
Me lembrei dos seus beijos e toques
Enquanto a água do chuveiro me tocava.

Ao deitar na cama vazia senti sua falta
Ao abraçar o travesseiro pensei no seu corpo
Vi seus olhos fechados e sua boca entre aberta
Sentindo meus dedos percorrer o seu rosto calmo

Ah... como desejei te amar e ser amada
Como eu quis poder te encontrar,
Te conhecer e te esquecer.

Mas agora nessa cama meu Desconhecido
Só existe uma pessoa
Que sou eu tentando me reconhecer.

Vanessa Laranjeira