Aqui eu planto minhas magoas esperando que floresça a esperança para um dia eu possa colher meus sonhos... Vanessa Laranjeira

20 de mar de 2012

FOLHA DE OUTONO


Você tem o antidivino dom de me deixar mais insegura que uma folha no outono.
Aquela que fica em seus galhos, balançando com o vento
Para que esse a despregue e a leve para onde bem entender
E mesmo sabendo que pode cair em poças de água,
Ser levada pela enxurrada,
Mesmo não sabendo onde vai parar 
Ela se deixa levar
Assim como a folha de outono
Eu me deixei ser levada por você
Nas inseguranças do seu caminho
Sem saber se sobreviveria no final.

Vanessa Laranjeira

18 de mar de 2012

Bom hoje vou fazer uma postagem diferente...


Recebi as regras da Tere ( http://teremarcellino.blogspot.com.br/ )

REGRAS:
1- Escrever 11 coisas sobre vc;
2- Responder as 11 perguntar que a pessoa te mandou;
3- Criar 11 perguntas pra quem vc indicar;
4- Avisar quem vc indicou e postar as regras.

11 COISAS SOBRE MIM...
1- Minha família é tudo o que tenho;
2- Apouco tempo sai da cidade grande pra morar em um sitio no interior de SP;
3- Não sou egoísta, mas odeio que mecham no que é meu;
4- Sou divorciada, não tenho e não pretendo ter filhos;
5- Converso comigo mesma e esse dialogo quase sempre vira um verso;
6- Adoro escrever e tenho ciumes do que escrevo;
7- Tenho poucos amigos, os que tenho moram longe e morro de saudades deles;
8- Troco qualquer balada por um bom papo com os amigos;
9- Odeio que me julguem sem me conhecer;
10- Sou pouco organizada, meio detalhista e muito sonhadora;
11- Tudo que esta escrito acima é verdade mas nada disso me define.

RESPONDENDO AS 11 PERGUNTAS:

1- Diga um defeito seu.
Não tenho paciência com criança.

2- Qual época da vida vc mais sente sdds?
Do tempo de escola, sdds dos amigos que tinha lá.

3- Qual foi sua viagem passeio inesquecível?
Petrópolis, tive o prazer de passar um fds no palácio Quitandinha, fui pra lá a trabalho mas valeu muito a pena.

4- Qual a sua idade e o que conquistou até agora?
Tenho 28 anos, tive poucas conquistas na minha vida e um dia tiver que abrir mão delas. Estou em fase de recomeço, mas nada é melhor que minha LIBERDADE.

5- Nas horas vagas o que vc gosta de fazer?
Dormir, escrever, internet

6- Você tem uma grande magoa de alguém?
Não sei guardar magoas dos outros, em compensação de mim tenho varias.

7- Você se considera uma pessoa bem sucedida profissionalmente?
Na verdade não, mas trabalho na área que me da prazer e isso é um começo 

8- Se pudesse mudar de cidade ou país qual seria?
Voltaria pra São José dos Campos. Mas ja me acostumei a morar em Iacanga e sei que é aqui que vou reconstruir minha vida.

9- Qual livro esta lendo no momento?
Não Matem as Flores.... estou adorando

10- Já teve alguma experiência sobrenatural? Conte.
Não sei se pode se dizer experiência sobrenatural, mas já aconteceu de eu sonhar e depois acontecer.

11- Quais são os seus planos para o futuro?
Fazer faculdade, ter minha casa.

MINHAS PERGUNTAS;

1- Qual seu escritor predileto?
2- O que gosta de fazer pra se divertir?
3- Onde mora?
4- Tem alguma religião?
5- Que qualidade uma pessoa não pode deixar de ter pra ser seu amigo ?
6- Que defeito você não atura de forma alguma?
7- Se arrepende de algo que ja fez ou deixou de fazer?
8- Se pudesse escolher o destino pra onde iria agora?
9- O que te tira do sério?
10- O que te ganha fácil?
11- Qual seu maior sonho?

Bom eu adorei ter recebido esse tag e por isso resolvi posta-lo. Prém eu vou sair um pouco da regra e não vou indicar um blog especifico e sim a todos os que passarem por aqui, quem quiser tbm pode responder só por comentários o importante é a gente conhecer um pouquinho os nosso amigos virtuais.





12 de mar de 2012

COADJUVANTE DA MINHA VIDA


Minha vida se tornou uma peça de teatro
Onde represento papeis que não sou eu.
Quando rio, quero chorar
Quando me tranco, grito por liberdade
Não sou a vilã nem a mocinha.

Sou quem esta ali apenas por detalhe.
Minhas idas e vindas não influenciam em nada,
Se eu cair não terá ninguém nem mesmo pra rir,
Posso gritar que ninguém vai ouvir,
Posso até me matar porque ninguém vai impedir.

No grande teatro da minha vida
Eu aprendi a desistir
E de atriz principal virei
Coadjuvante da minha história.

Vanessa Laranjeira

7 de mar de 2012

SEMPRE TUDO, NUNCA NADA


Eu sou o corpo e a cabeça
O espiritual e carnal
A alma mortal e imortal

Sou fogo e água
Muitas vezes sou quente
e em algumas gelada

Sou fortemente frágil
Alegremente triste
E docemente amarga

Sou tudo sempre e nunca sou nada
Eu sou simplesmente a Vida
E carinhosamente me chamam de MULHER.

Vanessa Laranjeira